E aí, galera, tudo bom? Espero que vocês tenham tido ótimas festividades e uma excelente transição de ano. 2013 está aí, e com ele novas postagens aqui no Universo Literário. Espero que continuem conosco conforme vamos tentando dar o melhor de nós para que o façam. 


O Adaptações Literárias consiste em apresentar, discutir e argumentar 
sobre filmes que deveriam ganhar vida nas páginas físicas dos livros. 
Coluna ofertada uma vez por mês pelo Roger.



"It's about a girl who gets turned into a swan and she needs love to break the spell, but her prince falls for the wrong girl so she kills herself." Sendo um dos meus filmes prediletos em 2011, até hoje não consegui superar o efeito "Cisne Negro".

Título Original: Black Swan
Roteiro: Andres Heinz
Diretor: Darren Aronofsky
Elenco: Natalie Portman (Nina Sayers);
Vincent Cassel (Thomas Leroy);
Mila Kunis (Lily).
Ambientado na cena atual em Nova York, o filme conta a história de Nina Sayers, uma bailarina esforçada que já está há anos na Companhia de Balé de Nova York, e agora vê a sua oportunidade de brilhar quando se é planejada uma nova reinterpretação do Lago dos Cisnes. Ela quer o papel, assim como qualquer colega de trabalho DO MUNDO, mas começa a ficar preocupada quando o diretor Thomas lhe diz que ela não tem o necessário para ser a protagonista - já que a mesma deverá interpretar dois personagens, o Cisne Branco (A Princesa Odette), no qual Nina é a escolha certa, e o Cisne Negro (A irmã gêmea malvada Odile), este último exigindo a sensualidade que falta na moça. Para completar a história temos a personagem Lily a quem Nina vê como uma potencial ameaça contra o seu objetivo de conseguir o papel central do balé.

Não sendo um filme fácil de ser visto, Cisne Negro brinca com a mente do telespectador ao inicialmente faze-lo acreditar em algo (sob o ponto de vista de Nina), onde logo em seguida quebra essa crença, mostrando que tudo não passa de visões esquizofrênicas de nossa "doce garota''. Ao nos apresenta-la, vemos ali uma menina correta que, apesar de já ter seus 28 anos, ainda vive com a mãe controladora e a deixa tratá-la como se ainda tivesse 12 anos. Apesar de descrente, Nina consegue o papel central, e é aí a história começa. Quando ela se vê pressionada (tanto pela mãe quanto pelo diretor e, enfim, por si mesma) a melhorar ainda mais como dançarina para fazer por onde ter merecido o papel, é onde Nina e os Cisnes se encontram. Mais conectados do que nunca, nossa protagonista sofre reflexos de ambos os lados dos personagens, pois assim como o Cisne Branco procurava por liberdade, Nina busca obsessivamente pela perfeição no palco. E o Cisne Negro por uma chance de ser liberto da própria dançarina. 

Inspirado no balé original do Teatro Bolshoi e no romance "O Duplo" de Dostoievski, nos é mostrada uma narrativa bem equilibrada, onde o filme não peca em momento algum e controla as doses de adrenalina perfeitamente sem ser corrido demais, ou lento demais. É um típico filme do Darren Aronofski, onde o diretor começa contanto uma história calma e que, num estalo em um determinado momento, fica quase desesperadora, jogando cenas com o intuito de chocar o telespectador. 

Sendo realmente uma releitura do clássico ao qual se refere, nele Nina retrata o Cisne Branco, Tomas o Príncipe e Lily o Cisne Negro, além de outros personagens que podem ser conferidos nos créditos finais. Ele rendeu a Natalie Portman o Oscar (o Globo de Ouro e outros prêmios) de melhor atriz num papel principal, e não é por menos. A atriz dá um show de atuação ao levar Nina de uma virginal e pseudo-inocente garota à uma mulher sedutora e que se deixa ser seduzida. E entre toda essa transição temos momentos marcantes e verdadeiramente emocionantes no filme, agradando a todos que gostam de uma boa produção que ao fim de sua sessão, faz você refletir sobre o que viu.

É isso aê. Até o mês que vem!

Rogério Gerson

13 Comentários

  1. Esse filme é realmente interessante, por tentar que os espectadores reflitam. A atuação de Natalie Portman é digna também.

    ResponderExcluir
  2. eu me encantei por essa capa, e a descrição do livro tambem tá bem legal..
    eu quero *_*
    http://anamenires.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Esse filme é interessante e só. Não sei porque as pessoas o elogiaram tanto. Eu adorei a atuação da Natalie, mas o filme não há nada de tão bombástico.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  4. Oi flor!
    Eu gostei bastante do filme, principalmente pela interpretação da Natalie!
    Pra quem gosta de drama, é uma ótima dica!
    Beijos
    Amanda
    leiturahot.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Eu vi o filme e adorei, a atuação da Mila e da Nat ficou perfeita.
    http://leituramagnifica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. eu gosto desse filme, mas não sei se leria, tenho um preconceito de ver filme e depois ler livros kkkkkkk não sei por que. De qualquer forma, Natalie maravilhosamente atriz.

    ResponderExcluir
  7. Estou a procura de novos blogs, estou seguindo, achei seu mundo uma graça! *-*
    Fique com Deus, e retribua se quiser:
    http://maybe-i-smiled.blogspot.com.br/
    http://dicionario-feminino.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Vi esse filme e adorei. Sabe...bem reflexivo, mas é preciso prestar atenção para entender, porque não é algo que vem mastigado. Adoreeii.;
    Beijos!
    Paloma Viricio- Jornalismo na Alma

    ResponderExcluir
  9. Não sabia que era um livro
    Mas sempre tive muita vontade de assistir

    Beijos
    @pocketlibro
    pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. É um ótimo filme e eu acho que ficaria muito bom também como livro...

    Blog Diário de garotas
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Acredita que não vi esse filme ainda? Mas depois de ler esse texto, fiquei com ainda mais vontade de ver. :)

    ResponderExcluir
  12. Creio que seria um livro tão bom quanto ao filme. O ponto ruim é que não veria a atuação Natalie Portman nem a Mila Kunis nas folhas do livro, rs.

    @carlosmagno_ecb
    http://cantinadolivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Já vi esse filme e adorei, achei ele bem interessante, é realmente um filme muito bom e foi a primeira vez que eu gostei da interpretação da Natalie Portman haha.
    Beijos

    http://palavrasdeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Boas sugestões e opiniões construtivas são sempre bem-vindas. Obrigada por sua visita!