Acho que não é de hoje que vocês perceberam que eu gosto mesmo, e até a maioria dos filmes que falo sobre, aqui no Adaptações Literárias, é de um bom drama. Tem aqueles leves, como ''Juno'', e outros dramas mais pesados, como ''Donnie Darko'', mas é inegável o quanto eu amo esse gênero. Te fazer rir ou te fazer sentir medo é algo que de certa forma eu acho muito fácil, mas te fazer se pôr no lugar de um determinado personagem e fazer você sentir na pele o que ele está sentindo, isso sim, meu amigo, é difícil.


Adaptações Literárias consiste em apresentar, discutir e argumentar 
sobre filmes que deveriam ganhar vida nas páginas físicas dos livros. 
Coluna ofertada uma vez por mês pelo Roger.

Título Original: Dancer in the Dark
Direção e Roteiro: Lars Von Trier
Elenco: Björk (Selma Jezkova);
Catherine Deneuve (Kathy);
Vladica Kostic (Gene Jezkova);
David Morse (Bill Houston).

No Adaptações de hoje, o filme escolhido se tornou um dos meus favoritos logo de cara. Ele pede e implora para ser um dos seus favoritos, se você gosta do gênero.

''Dançando no Escuro'' é o décimo quarto trabalho de Lars Von Trier (a quem eu já mencionei aqui anteriormente no meu primeiro Adaptações Literárias, com ''Melancolia'') e traz nele a queridinha, e extremamente excelente nesse filme, Björk como uma mãe que aos poucos está perdendo a visão e luta trabalhando para juntar dinheiro para a cirurgia visual do filho, que herdou a sua doença. Desde os primeiros minutos de filme/musical já se percebe a sensibilidade de Björk no papel de Selma. Sua atuação é realmente tocante ao interpretar uma mãe que, por mais que a vida lhe imponha dificuldades, sempre está ali, com um sorriso no rosto e cantando quando as coisas estão ficando difíceis (e como as coisas ficam difíceis na vida da personagem). Sendo o primeiro e único filme que Björk disse que iria fazer, é uma surpresa gratificante vê-la no papel, e mais surpreendente ainda ver o bom trabalho que ela faz como atriz nesse papel que lhe rendeu o prêmio de Melhor Atriz no Cannes Film Festival em 2000.

Não sei se eu teria estruturas para ler um livro como ''Dançando no Escuro''. A narrativa, que começa calma e singela, mostrando as pequenas felicidades de Selma, lentamente dá uma reviravolta, e quando você percebe já está olho do furacão, onde várias coisas acontecem ao mesmo tempo. É impossível você não se emocionar com as infelicidades da personagem. A simpatia de Selma logo se transforma em um desespero silencioso, tudo em nome do bem estar do filho.

Espero que vocês tenham gostado de mais um Adaptações, e aqui deixo o meu obrigado pelos comentários e carinho que venho recebendo nas publicações. Vocês são ótimos!
Até em breve, galera.

Rogério Gerson

20 Comentários

  1. Olá, adorei seu blog e os posts. Seu layout também está muito agradável, parabéns. *-*

    Beijos,
    http://devaneiosdemulheres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oii..
    Não é que seguimos o mesmo camin ho para o post da vez. Também comento sobre uma adaptação literária. Mas enfim..

    Drama! Eu gosto muito! Acredito que torna a leitura mais "real", por assim dizer.
    Gostei muito da dica. Vou procurar por este!

    Beeeijos
    luizando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Não vi esse filme, mas me interessei pelo enredo. Vou procurar.

    ResponderExcluir
  4. Gostei mesmo da estória e da sua coluna, bem criativa e informativa.

    http://enfimshakespeare.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Adorei essa indicação, eu gosto muito de filmes desse gêneros, gosto de filmes que me emociona e esse parece ser assim, deve ser ótimo, vou tirar qualquer dia para procura-lo e assistir o livro dele também deve ser muito bom, geralmente os livros são melhores que o filme né.
    Beijinhos
    Facebook do blog
    conversando-com-a-lua.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Adorei essa indicação, eu gosto muito de filmes desse gêneros, gosto de filmes que me emociona e esse parece ser assim, deve ser ótimo, vou tirar qualquer dia para procura-lo e assistir o livro dele também deve ser muito bom, geralmente os livros são melhores que o filme né.
    Beijinhos
    Facebook do blog
    conversando-com-a-lua.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Nunca li mas parece ser ótimo, muito interessante! Adoro livros assim, que emocionam a gente. Adorei a resenha, ficou ótima.
    www.espacegirl.com

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Confesso que não conhecia e caso o encontrasse, não daria muita atenção. Mas como você o elogiou bastante no post e descreveu tudo de uma forma tão contagiante, eu talvez dê uma chance caso o encontre. rs
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  9. Lindo o blog , me visita ?
    meublogtemumpoucodecada.blogspot.com
    bggs ♥

    ResponderExcluir
  10. Bom, não conheço o filme que citastes no post. Mas devo dizer que não curto muito o gênero Drama. Apenas dois filmes, me chamaram atenção nesse mesmo. Que foram: O brilho eterno de uma mente sem lembranças e o Show de Truman, que apesar de umas partes engraçadas, me fez refletir.

    Sei lá. Não tenho visto muitos filmes ultimamente, mas tenho preferido os de ação, rsrsrs.

    Um beijo. Uma ótima tarde

    Tamires.

    ResponderExcluir
  11. Nunca ouvi falar desse filme, sério *--* , mas o cartaz me encantou!

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Esse cartaz me parece familiar mas não lembro de ter visto esse filme. Pelo que você escreveu daria realmente um ótimo livro!

    Abraços.
    Entre Livros e Livros.
    musicaselivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Não conhecia esse filme, mas a estória parece ser bem interessante, vou procurar assisti-lo.
    Beijos

    http://palavrasdeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas se encontra-lo por ai não vou deixar passar ^^

    Beijos.
    Guilherme.
    http://umcompulsivoleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Tá brincando??? Lars von Trier é meu diretor favorito!!! Já assistiu à O Anticristo!?? É o filme mais pesado que já vi na vida!
    O cara é um gênero! Dá de 10 a 0 neste e em Melancolia!
    Beijos,
    Vinícius - Livros & Rabiscos

    ResponderExcluir
  16. Não conhecia
    mas fiquei curiosa

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Nunca vi este. Mas "Donnie Darko" maravilhoso!
    beijo.

    ResponderExcluir
  18. Se fosse um livro é provável que eu leria, mas o filme não me deu muita vontade, não sou muito fã de musicais =/
    Bjo

    ResponderExcluir
  19. Que legal, gostaria de assistir mais adaptações nesse estilo. Me interessou muito, queria ver a atuação da Björk :D

    Beijos
    aritmeticadasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Gostei dessa tag! Bem legal! E a indicação parece ótima! Fiquei curiosa!

    Adolecentro

    ResponderExcluir

Boas sugestões e opiniões construtivas são sempre bem-vindas. Obrigada por sua visita!