Olá, queridos!

Amanhã é o dia das mães, e para não deixar essa data passar em branco aqui no blog, eu trouxe como indicação alguns livros dedicados a elas. Confiram e apreciem... quem sabe alguns desses livros não seja o presente ideial para as mamães leitoras?  \Õ/




Grito de Guerra da Mãe-tigre, de Amy Chua
Grito de guerra da mãe-tigre é a história incontestavelmente honesta, muitas vezes engraçada e sempre instigante de uma mãe radical. Por se opor de maneira drástica à indulgência dos pais ocidentais, Amy Chua tomou a decisão de criar as filhas, Sophia e Lulu, à moda chinesa. As mães-tigres veem a infância como um período de treinamento. Para Sophia e Lulu, isso significa aulas de mandarim, exercícios de rapidez de raciocínio em matemática e duas ou três horas diárias de estudo de seus instrumentos musicais (sem folga nas férias, e com sessões duplas nos fins de semana). Grito de guerra da mãe-tigre expõe o choque das visões de mundo oriental e ocidental no que diz respeito à criação dos filhos. Mas é basicamente a história das expectativas de uma mãe em relação às duas filhas e os riscos que está disposta a enfrentar para investir no futuro de ambas.

A Mãe Imperfeita (Confissões Sinceras de Mães que Vivem no Mundo Real),
de Therese J. Borchard
Demolindo habilmente o mito da "supermãe", este livro é uma visão sincera das armadilhas e dos perigos mais comuns da maternidade. Em ensaios originais e cativantes, o leitor conhecerá os tropeços, as confusões e os descuidos de algumas mães que vivenciaram histórias instigantes, engraçadas, inesperadas e, às vezes, conflituosas.

Feliz por Nada, de Martha Medeiros
Dentro de um abraço é sempre quente, é sempre seguro. Dentro de um abraço não se ouve o tic-tac dos relógios e, se faltar luz, tanto melhor. ''Tudo o que você pensa e sofre, dentro de um abraço se dissolve.'' É com a força transformadora de um abraço que Martha Medeiros abre este novo livro de crônicas e é com a mesma singeleza e olhar arguto para o cotidiano que a escritora ilumina algumas das questões mais urgentes do século XXI. A destacada romancista, cronista e poeta, que já teve obras adaptadas para o cinema, para a tevê e para o teatro, fala aos leitores com a sinceridade de um amigo e materializa as angústias e os anseios da sociedade pós-tudo, que vive acuada sob o grande limitador do tempo. Nesta coletânea de mais de oitenta crônicas, Martha Medeiros aborda temas muito diversos e ao mesmo tempo muito próximos do leitor. A autora tem o dom para aproximar assuntos por vezes fugidios – como é próprio do cotidiano – de questões universais, como o amor, a família e a amizade, e criar lugares de reconhecimento para o leitor, como ao falar de Deus, dos romances antigos e novos, da mulher, de escritores e cineastas que são imortais, de se perder e se reencontrar, do que a vida oferece e muitas vezes se deixa passar. ''Feliz por nada'', afirma Martha Medeiros, é fazer a opção por uma vida conscientemente vivida, mais leve, mas nem por isso menos visceral.

Mães em Guerra, de Jill Kargman
Um retrato maldosamente divertido de mães indiscutivelmente exageradas.
Toda mãe é capaz de cometer loucuras pelo bem de seu filho. Mas o que fazer quando a loucura vira o normal? Ao mudar-se para um dos bairros mais elegantes de Nova York com o marido Josh e a filha Violet, de dois anos, Hannah Allen se vê não só diante de um estilo de vida totalmente diferente do seu como no meio de uma verdadeira guerra de mães. Por trás da aparência de bonequinhas de luxo, suas novas vizinhas revelam-se bem cruéis, prontas para destruir qualquer uma que represente a ameaça de ser uma mãe ''melhor'' do que elas.
Neste livro, Jill Kargman aposta em um novo gênero que vem conquistando fãs no mundo inteiro. Seguindo o ritmo de Sex and the City e Bridget Jones, só que com protagonistas-mães, o romance teve seus direitos vendidos para oito países, além do Brasil.

E um feliz dia das mães! 

~*~
Eu havia mencionado no twitter do blog que quem comentasse na última resenha publicada até hoje (sábado, dia 12 de maio) estaria concorrendo a alguns marcadores.  :)  A resenha foi a do livro Xadrez, da autora Fabiane Ribeiro. Portanto, o sorteio foi realizado através do site Random, e quem ganhou foi: Parabéns, Aline Gasparini! Envie seus dados completos para o e-mail do blog (universoliterario@live.com). Obrigada a todos que comentaram, e até mais!

9 Comentários

  1. Ótimas dicas ein? Acho que minha mãe ia gostar de "Feliz por nada".

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  2. Oi Cielle!"

    São ótimas indicações, me interessei pelos livros Grito de Guerra da Mãe-tigre e Mães em Guerra, realmente são bem interessantes! Caramba! Nossas mães merecem uns presentes assim <3

    Parabéns a ganhadora dos marcadores!

    Beijos :*
    Natalia. http://www.musicaselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ótimas dicas, pensei em fazer um post desses pra amanhã HAHAHAH
    Quero muito o livro da Martha Medeiros (:

    Beijos,
    Marinah | Blog Marinah Gattuso

    ResponderExcluir
  4. Nunca li nenhum desses livros
    Mas ameu as indicações

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. o grito de guerra da mãe tigre é muito amor, gente *_*

    ResponderExcluir
  6. AHH eu queria uma mãe leitora viu?! :X Minha grandma não curte muito ler.rs Mas enfim, achei ótimos os livros *O*

    Beijos
    Meu outro lado

    ResponderExcluir
  7. Ah, que bacana as indicações, confesso que ainda não li nenhum dos livro citados. E nem acreditei quando vi que ganhei o sorteio de marcadores, sou tão azarada para essas coisas, fiquei tão feliz 'Haha. Enfim, já enviei o e-mail com os meus dados :D

    Beijos&beijos
    Book is life

    ResponderExcluir
  8. De todos, acho que minha mãe ia gostar também de "Feliz por nada", esse é o tipo de livro que ela gosta de ler *--*
    Ótimas dicas! :D

    Beijos
    aritmeticadasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Fran, adorei as dicas, eu me interessei por Grito de Guerra da Mãe-tigre, Feliz por nada e Mães em Guerra, todos parecem muito divertidos e Feliz por nada é a cara da minha mãe, dicas anotadas.

    ResponderExcluir

Boas sugestões e opiniões construtivas são sempre bem-vindas. Obrigada por sua visita!