Chevy Stevens cresceu em uma fazenda na Ilha de Vancouver, Island, no Canadá. Já adulta, Chevy trabalhou em vendas, primeiro como representante de uma empresa de brindes e depois como um corretora de imóveis. Enquanto trabalhava, na espera por possíveis compradores, ela passou horas assustando-se com pensamentos de coisas horríveis que poderiam acontecer com ela. Isso serviu como inspiração para a criação de um livro na qual ela decidiu de fato escrever. Depois de certo tempo, a autora resolveu deixar algumas coisas para trás para que ela pudesse dedicar-se e, por fim, terminar o livro de uma vez, e foi assim que surgiu sua primeira obra. Vendido para mais de 20 países, Identidade roubada tornou-se best-seller na Alemanha e nos Estados Unidos, sendo lançado há pouco tempo pela Editora Arqueiro aqui no Brasil.

A autora gosta de escrever thrillers que lhe permitem misturar o seu interesse na dinâmica familiar com o seu amor pelo estilo de vida da costa oeste. Quando não está trabalhando em seu próximo livro, ou não está diante do computador buscando inspirações, faz caminhadas com o marido e o cachorro pelas montanhas próximas à sua casa.

Veja o que o autor Gillian Flynn, do New York Times bestselling, tem a dizer sobre o livro estreia de Chevy Stevens:

"O livro não é apenas um mistério emocionante sobre a abdução de uma mulher. É uma história sobre sua árdua luta para o retorno de si mesma. Luta pela independência e pela vida. É feroz, e às vezes até engraçado. Este é um conto sombrio, mas com muita luz, contada por uma heroína inesquecível."

Bibliografia:

  • Identidade Roubada (Resenha AQUI); 
  • Never Knowing.


Confira o site oficial da autora: http://www.chevystevens.com/

8 Comentários

  1. Eu simplesmente amei "Indentidade Roubada" e a escrita da Chevy Stevens! Ela conseguiu me prender e criou uma história supreendente! Adorei saber que ela tem um outro livro e já estou vistando o site dela. :)
    Adorei o post!
    Beijos ;*

    Ana Carolina
    http://loucospor-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, Fran!
    Interessante conhecer um pouco mais da autora e saber de onde surgiu a inspiração para "Identidade Roubada" mas, sinceramente, isso na minha terra se chama paranoia, fiquei até assustada com essa atitude dela, essa forma de pensar. O livro deve ser um thriller muito instigante.
    No mais, um comentário não tão importante, fiquei impressionada com a aparência da autora, se for boa atriz daria uma excelente vampira. Tenho cada ideia hahaha

    Beijinhos,
    Ana - Na Parede do Quarto

    ResponderExcluir
  3. kkkkkkkkkkkkkk acredita que até esse exato momento, eu tinha completa certeza que Chevy Stevens era um homem? huhauahuahauahuahua
    Ela não poderia ter um nome MAIS masculino? huahauhauhahuahu
    bjs
    Liv
    http://paponosense.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi :)

    Vim conhecer o blog ^^
    Fran, vc já leu o livro dela?
    É sensacionaaal!! Resenhei ele esta semana: http://rapha-doceencanto.blogspot.com/

    Escolheu muito bem a autora ^^

    Beeijos

    ResponderExcluir
  5. Nossa, ela é bonita, nunca tinha visto uma foto dela :P
    Quero muito ler identidade roubada, tem muita gente falando bem ^^

    Beijo
    aritmeticadasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Fiquei com muita vontade de ler.
    Tem selinho pra você no blog.
    http://basicamentenecessario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Ei pensei que ela era um homem.. kkkk . Mais deixa pra lá !
    Ela é muito bonita :) Nunca tinha visto uma foto dela \O/

    Natalia.
    Beijos:*
    http://musicaselivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Nossa não sabia que essa era a autora de Identidade Roubada. Jurava que Chevy Stevens era um homem 'Haha. Enfim, adorei saber um pouco mais sobre a autora.

    Beijos&beijos
    Book is life

    ResponderExcluir

Boas sugestões e opiniões construtivas são sempre bem-vindas. Obrigada por sua visita!